Notícias Gospel

Cristã é detida por blasfêmia no Paquistão: denúncias de perseguição.

Cristã é detida por blasfêmia no Paquistão: denúncias de perseguição.
Hotel em Promoção - Caraguatatuba

**Cristã paquistanesa permanece na prisão sob acusações falsas de blasfêmia**

Receba Estudos no Celular!

Uma cristã no Paquistão enfrenta a prisão depois que um juiz rejeitou seu pedido de fiança. Stella Khawar, de 28 anos, foi presa em Kotli Loharan em maio, acusada de ferir os sentimentos religiosos dos muçulmanos.

Seu marido, Khawar Shahzad, expressou preocupação com a segurança de seu filho diante da pressão exercida por grupos religiosos. Ele destacou que a polícia nomeou Stella nos casos de blasfêmia sem provas concretas, causando confusão e injustiça.

Os incidentes de blasfêmia têm gerado tensão em Kotli Loharan, onde residem cerca de 300 a 350 famílias cristãs. Ativistas locais alertaram para uma suposta campanha organizada contra os cristãos na região, que tem sido alvo de violência e discriminação.

Recentemente, um cristão idoso foi linchado e sua fábrica de sapatos queimada em Sargodha, demonstrando a vulnerabilidade das minorias religiosas no país. As leis de blasfêmia no Paquistão têm sido usadas indevidamente para resolver disputas pessoais e incitar violência contra os acusados.

A situação no Paquistão evidencia a grave perseguição enfrentada pelos cristãos no país, que ocupa a sétima posição na Lista Mundial da Perseguição da Missão Portas Abertas de 2024. É fundamental que o governo paquistanês tome medidas efetivas para proteger as minorias e garantir a justiça para todos os cidadãos, independentemente de sua religião.

Hotel em Promoção - Caraguatatuba